Sonho #003'


Se perdeu aquele sonho,
Ela se lembra somente que dançava naquele mundo,
O mundo que pertencia a ele, e de mais nenhum outro.
Mas havia alguém ali, do outro lado a observar,
A admirar tamanha beleza de sua alma,
Aquela dança, a forma de dançar, mostra as suas belezas,
A tua alma... o mais puro de si, o mais pecado santo.
Ela dançava na esperança de que o dono daquele mundo,
O tolo, o louco estivesse ali, a olhar a tua dança,
Mas ele se foi ao mundo, pra se perder num outro.
A menina, a louca se torna capaz de se prender, de arriscar um olhar,
E ela pode ser a mais pura, a pecadora daquele mundo,
Mas parece que ele não vê e se perde no mundo.

Luana Almeida.

2 comentários:

Stº Lorac disse...

Sempre esperamos que um outro (tolo) nos perceba, fazemos tudo para chamar sua atenção. Mas muitas vezes o tolo só tem olhos para outro mundo que não é o seu.

Beijos amei o poema!! Um dia quero te conhecer pessoalmente. Sou sua fã!

Lúu Almeida disse...

Amigaaa.. da alma, da alma!
Obrigada por sempre vir aqui!
:D

Vamos nos conhecer sim,
qando eu resolver ir aí até o
Brasil.. AUSHAUSHASUHA'

BJOO'