Mais uma.

Ela sempre sentou no mesmo banco, todos os dias.
Sempre observou as mesmas pessoas.
Mas ninguém nunca a notou ali,
até cometer suicídio.

8 comentários:

Michael disse...

Tenso essa ... mas pq ela cometeu suicidio ??
pq ela queria ser notada ou ela esperava alguem especial q a notasse ali sempre naquele banco a esperando passar ....

Lúu Almeida disse...

Entenda da tua maneira, cada um vê como quer.. ehehe'

Flores!

Renato disse...

Disponha...

Linkei o teu blog no meu, tem muita coisa boa aqui, voltarei mais vezes para ler o que andas produzindo.
O minimalismo nos teus textos e o muito dizer em poucas palavras realmente me encantam...

Anônimo disse...

Espero que não esteja passando por algo do tipo viu Lu. Mas a mulher bem que merecia um final melhor.

João Nascimento.
Abraços.

Lúu Almeida disse...

Renato meu lindo, muito obrigada pelo teu carinho. E volte sempre.

João, pode ficar tranquilo que não estou passando por isso, ainda.ehehe' E sobre o final dela, será que é realmente o fim?!

Flores!

kinha disse...

E não é sempre assim, que acontece? Aqueles que anunciam e deixam cartas, as vezes, só precisam um pouco de atenção... uma busca insana de ajuda.

Dreisse Drielle disse...

AS pessoas infelizmente são lembradas no momento em que elas já não estão mais aqui. E essa garotinha do texto.. só queria um pouco de atenção, né?!

Beijos

Lúu Almeida disse...

Disse toda a verdade Drê! Toda a verdade.

Flores!