Delírio de Sonia.

"A polícia é o povo,
contratada pelo mal
pra bater e matar
o próprio povo."

Trecho de "O nome da morte".

10 comentários:

Dani Ferreira disse...

É bem isso mesmo. Infelizmente :/
Bgs querida :*

Natália Rocha disse...

Infelizmente é verdade.
É o povo contra o povo.

Beijos*

Dave disse...

Perfeito!

Fiquei curioso sobre o livro...

Beijo.

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Olha que interessante este textinho! Simples e profundo.

Fernand's disse...

que ironia macabra!

Julliany kotona disse...

"Num dia de grande emoção

Que pedia o coração para te agradecer

com uma sincera oração.

Ah! se eu fosse um bom poeta,

ou regesse uma grande orquestra

te homenagearia com a mais bela poesia

e uma radiosa harmonia!

E para você grande amigo das horas de alegria

Em que eu mais queria,tu estavas lá

na hora certa pronto a me amparar,

e a minha cruz aliviar.

O amigo pontual, da hora especial

sempre pronto a colaborar

tornando seguro o meu caminhar!

Por todas as horas de felicidade

Rogo a Deus que te abençoe!"

Tenha um exelente fim de semana com muita paz,alegria e amor.bjks.

Luana Almeida disse...

E os seres provam cada vez mais o quanto são ferinos.

Dave meu querido, não é um livro, é o espetáculo que eu estou apresentando durante esse fim de semana aqui na cidade.

Super beijo a todos.

Flores!

Isadora Peres disse...

Pois é a pura verdade. Povo burro que bate nos seus próximos por uma merreca. Mas hoje em dia nos perguntamos: quem não bate por uma merreca?
A sociedade está casa vez mais se denegrindo. Enfim, o que nos resta é a esperança e nos esconder da realidade.

Beijos, Lú!

Disturbia disse...

Bem o estilo que eu gosto! Muito legal querida, bjos!

Luana Almeida disse...

É Isa, pura realidade e fugir dela é fugir da verdade.

Flores!