Mulheres sofrem desse mal.

Sozinha na sala, segurava uma garrafa, vazia.
Sua boca ainda guardava o gosto amargo do último
gole do vinho, o qual ela jamais esqueceria.
Ele partiu!
Não disse adeus, não lamentou.
Ele nem se quer a olhou em seus olhos,
ela nem ao menos sentiu um último beijo.
Aquele foi seu dia em que tudo morreu,
só não sua vontade pelo beijo do canalha que a deixou.

2 comentários:

. Nadine disse...

Os homens fazem esse mal.

;xx

Stº Lorac disse...

Retrato de um momento.
beijos