'do dia bom.

Ao dia lindo que se faz presente, 
ao "fim do mundo" que nos sorri.



A vida lhe sorri e ainda busca por outro sol.
O ar lhe agarra, o mar lhe encanta e você ainda 
quer cair nos braços de tais donas. Acorde!
O dia hoje é (sempre será) de amar, de ser, tentar, viver. 
Dengo já tens, ruas e ruas para teu caminho 
e vida, muita vida para ser viva. Dance!
Largue mãos rudes e braços curtos, 
seja todo seu e tudo o que quer ser.
Seja feliz!

Nenhum comentário: