Moço mortonte.

"Que posso dizer, que ontem eu morri, mas que só
hoje coloquei-me a orar por minha alma."


















Meu poeta em mim, lá dentro, no meu interior
comeu o que não se podia comer, morreu de amor
e acreditou em absurdos dos deuses.
Que blasfêmia a minha? 
Na casa de meu deus pensando essas bobagens.
Olha aquela velha ali, nem olha os lados,
inclina seu nariz a frente da santa.
Que será que pede? Que será que clama?
Marido não pode ser, velha de mais, não teria uma
gota de prazer, de gozo.
Pode ser que tenha um filho e que ele encontra-se muito doente,
deve estar pedindo a imagem santa a cura do moço.
Quem sabe quer casar a filha?
E eu aqui, solteiro, moço direito, poderia ser eu.
Pela sua aparência a filha não deve ser das mais feias,
pode até ser simpática.
Lá vem o padre.
E precisa ele abraça-la?
E precisa ele tocá-la?
Que absurdo, na casa de deus, com um servo.
Que velha! 
Que padre!
Ela chora, ele consola.
Quanta gente atrás de mim, nem tinha visto.
Meu deus!
Morreu alguém, morreu um moço. Pelo os sapatos era um moço
de vida humilde. A velha deve ser a sua mãe.
Coitado, doente nada, já esta morto.
Pelo menos a reza da velha vai ser uma só, pra alma.
Nem vai precisar pedir cura, consolo, nada disso, só o descanso eterno.
Descanso eterno! Um tom bem harmônico.
Coitada dessa gente, chorando. Esse infeliz deve ter feito
gato voar, cachorro cantar.
Vai entender por que essa gente chora por quem não presta.

Do canto meu..

Num canto meu ele veio a mim para dizer suas palavras.
Sua morte foi rápida e o encontro com o seu corpo 
um absurdo de delírio e harmonia poética. 
Foi o moço que morreu ontem quem procurou-me para 
mostrar-me suas palavras ao ver-se morto, pra mostrar-me 
que de santo nem ele e nem a imagem santa tem nada.


PS: Perdão a todos os tolos eternos desse meu mundo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Texto fantástico Lu.
Onde buscas tanta inspiração?

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Ahhh!!como eu amor ler vc.és fodásticaaaaaaaaaaa!!!belo textooo...ameiii!!!beijos queridaa!!!

Fernand's disse...

luuuuuuuuuuuuuuu,
amei!


bravo!