Acontece.

"Não precisa pedir perdão, 
já lhe perdoei antes mesmo do 
teu nascer."


Co °°° on Flickr












Foi-se o tempo em que preocupava-me
com você, com teus erros.
Pois agora, ponha-se daqui pra fora,
a porta já estava aberta, mas só agora
quero que vá.
Cansei de tuas mentiras, seus delírios.
Que há de errado com você?
Mal sabe das coisas da vida,
mal acredita em deus.
Suas coisas não são tuas, tudo é meu,
custou meu suor de cada dia.
Levarás daqui apenas meu perdão.

2 comentários:

Isadora Peres disse...

Meio coisa de mãe que expulsa a gente de casa...
A minha sempre faz isso comigo, mas depois vem toda arrependida pedindo que eu fique. Como se eu tivesse outro lugar para ir, né? hahahaha! Mães...

Beijos, Lú!

Luana Almeida disse...

Adorável sua comparação (risos).
Obrigada pelo teu carinho de sempre Isa. ^^

Flores!