Sofia.

                                                              Ao som de Arnaldo Antunes

"No seu silêncio ela
encontrou a saída."

Sofie

























Vagando pelo mundo dentro de ti,
Sofia sabia bem que um dia poderia
acontecer tudo novamente.
Pegou a mala amarela de sua mãe
e começou a colocar peça por peça.
Seu vestido florido, suas meias lilás,
suas saias, as blusas que sua avó a
deu de presente, seus sapatos.
Foi até a cozinha olhou o relógio e notou
que já era o momento.
Preciso de calmaria.
Bebeu água e pensou que seria
a ultima vez que faria aquilo na casa
de seus pais.
Pegou uma maçã para comer no caminho
olhou novamente o relógio,
Duas e quarenta e cinco.
Não poderia ficar nem mais um minuto ali,
voltou ao quarto pegou a mala e foi em direção
ao terraço da casa.
É hora de partir!

Um comentário:

αmαndα cristinα ツ disse...

E um dia chega a hora de partir.
Adorei a forma como colocou as palavras, adorei a forma simples e doce que escreveu! :)


Beijinhos, :*
www.primeiro-livro.com